Logotipo Radaic

Peelings

Peelings
  • Peeling Químico 

O peeling químico é um procedimento que visa acelerar o processo de renovação das camadas da pele, por meio da aplicação de ácidos. Os peelings químicos podem ser superficiais, médios ou profundos, dependendo das queixas reportadas e dos objetivos do tratamento. 

Indicações: São indicados para a melhora da textura cutânea, de poros dilatados, manchas, rugas, cicatrizes e estrias.

Como funciona: O procedimento é feito por meio da aplicação de substâncias abrasivas diretamente na pele. A escolha dos ácidos e das concentrações ideais é feita pelo dermatologista e varia de paciente para paciente.

  • Peeling Físico 

O peeling físico atua na renovação das camadas da pele por meio da esfoliação mecânica. 

Indicações: o peeling físico é indicado para pacientes que desejam suavizar linhas e rugas finas, clarear manchas e melhorar a textura da pele, deixando-a mais uniforme. Além disso, este procedimento é uma boa opção para tratar estrias e cicatrizes recentes. 

Como funciona: O procedimento é realizado por meio de um equipamento de sucção da pele que libera cristais de óxido de alumínio para esfoliação e remoção das camadas cutâneas. 

Resultados do peeling químico e físico:  É comum que a pele fique sensível e descasque – em maior ou menor grau – após a sessão de peeling. Nesta fase, é importante reforçar o uso do filtro solar e apostar em antioxidantes que potencializem a proteção da pele. Em peelings superficiais o tempo de regeneração é de 7 dias, enquanto os peelings mais profundos podem levar de 30 a 45 dias para a completa recuperação do tecido cutâneo. O resultado é uma pele mais firme, lisa, livre de manchas e de irregularidades.